Sentir… Não adiante lutar contra…

Sentir…

Não adiante lutar contra… O que estamos sentindo não mudará imediatamente…

É necessário trabalhar para mudar-nos.

Se sinto tristeza, medo, raiva, insegurança, não tenho como mudar, pois sentir vem do âmago, vem de nossa consciência…

Sentir é diferente de pensar… Consigo mudar os pensamentos, mas o que sinto é muito mais difícil.

Mas é nesse momento que temos a oportunidade de trabalhar estes sentimentos.

Só se trabalha a raiva quando sentimos raiva…

Portanto, é nesses momentos que devemos tentar refletir e entender o que nos leva a sentir a raiva…

É importante aprender a controlar-se e aos poucos ir controlando os sentimentos. E aprendendo a não sentir raiva, por exemplo…

Se você ao sentir raiva, ao invés, de ameniza-la, você alimenta-la, você estará perdendo o controle da situação…

Sentir, pensar e agir… Observe a ordem…

Não é porque estou triste que tenho que pensar e agir com tristeza… Posso sentir-me triste, mas mesmo assim pensar e buscar algo que me anime e que sustitua a tristeza que estou sentindo por algo melhor… Isso é ter o controle da situação.

Acredite nas pessoas… Naquelas que possuem algo mais… Aquelas que, às vezes, a gente confunde com anjos e outras divindades… Digo daquelas pessoas que existem em nossas vidas e enchem nosso espaço com pequenas alegrias e grandes atitudes… Falo daquelas que te olham nos olhos quando precisam ser verdadeiras, tecendo elogios, que pedem desculpas com a simplicidade de uma criança…

Pessoas firmes… Verdadeiras, transparentes, amigas, ingênuas… Que com um sorriso, um beijos, um abraço, uma palavra de faz feliz… Aquelas que erram… Acertam… Não tem vergonha de dizer não sei… aquelas que sonham… Aquelas amigas… Aquelas que passam pela vida deixando sua marca, saudades, aquelas que fazem à diferença… Aquelas que vivem intensamente um grande amor…

MEDITE!

A paz começa comigo.
A paz começa com você!

Paulo Sérgio Lopes