A Beneficiencia

ūüćÉūüíēūüćÉ Evangelho de Jesus ūüćÉūüíēūüćÉ

A Beneficiencia

 

N√£o ousarei falar daquilo que fiz, porque os Esp√≠ritos tamb√©m t√™m o pudor de suas obras; mas considero a que iniciei como uma das que mais devem contribuir para o al√≠vio de vossos semelhantes. Vejo freq√ľentemente os Esp√≠ritos pedirem por miss√£o continuar a minha tarefa; eu os vejo, minhas doces e queridas irm√£s, no seu piedoso e divino minist√©rio; eu os vejo praticar a virtude que vos recomendo, com toda a alegria que essa exist√™ncia de abnega√ß√£o e sacrif√≠cios proporciona. √Č uma grande felicidade, para mim, ver quanto se enobrece o seu car√°ter, quanto a sua miss√£o √© amada e docemente protegida. Homens de bem, de boa e forte vontade, uni-vos para continuar amplamente a obra de propaga√ß√£o da caridade. Encontrareis a recompensa dessa virtude no seu pr√≥prio exerc√≠cio. N√£o h√° alegria espiritual que ela n√£o proporcione desde a vida presente. Permanecei unidos. Amai-vos uns aos outros, segundo os preceitos do Cristo. Assim seja!